EXPOSIÇÃO “MACROAMOR” PODERÁ SER VISTA NA 15ª EXPOEPI

jun 05, 2017 by bruno in  Sem categoria

Bebês com microcefalia chamaram a atenção do fotógrafo e fonoaudiólogo baiano Joelson Souza. Com olhar sensível, ele capturou imagens de crianças alegres brincando com os pais. As fotos de uma tarde de lazer de cinco famílias foram primeiramente publicadas na linha do tempo de Souza no Facebook e partir daí ganharam o mundo. O ensaio fotográfico, intitulado MacroAmor, mostra cenas dos bebês com suas famílias e transmite um momento singular em suas vidas. As fotos poderão ser vistas durante toda a edição da 15ª Expoepi.

Durante a mostra, a exposição MacroAmor poderá ser visitada pelos participantes. As fotos serão projetadas diariamente para que todos possam ver a excelência do trabalho de Souza e conhecer as famílias que foram objeto da investigação criteriosa dos epidemiologistas durante todo o surto da relação zika/microcefalia.
Joelson Souza explica que foi surpreendido pelo surto da microcefalia na região Nordeste e que sentiu necessidade de estimular a naturalidade no relacionamento com essas crianças. “Quando comecei a editar as fotos percebi a riqueza que tínhamos construído juntos e estava só no início. Mas não esperava as milhares de curtidas e as centenas de compartilhamentos”, diz Souza.
Logo depois, cinco mulheres que comandam a  UMA – União de Mães de Anjos (grupo de apoio às famílias de bebês e crianças com microcefalia) concordaram em posar de maneira bem natural e descontraída, na tarde do dia 18 de junho de 2016, em um piquenique no parque, e o trabalho acabou sendo ampliado para 30 mães e familiares. As fotos mostram crianças alegres, amorosas, beijando e sendo beijadas, abraçando e sendo abraçadas, agindo como agem os bebês quando são cercados de  amor e cuidado.
“Durante as fotos, muitas vezes parava de fotografar e admirava a forma singela com que elas, as mães, cuidavam e se relacionavam com as crianças. Assim como os pais que participaram também. Ver eles lá, tentando acalmar seus filhos ou brincando com eles, foi algo que me emocionou, já que muitos pais ao saberem que o seu filho tinha microcefalia deixaram suas companheiras e essas tem uma luta em dobro”, diz o fotógrafo.

Debate destaca importância de integrar ações de vigilância em saúde

jun 29, 2017

A construção de uma política nacional de vigilância em saúde foi o ponto alto do debate do Painel 9 da 15° Expoepi, com moderação feita pelo secretário de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde, Adeilson Cavalcante.

Participaram da discussão realizada no auditório Oswaldo Cruz o professor da Universidade de São Paulo (USP) Eliseu Alves Waldman; o assessor Marcos Franco, representando a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde; Michele Caputo Neto, presidente do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass); Andreia Passamani Corteletti, representando o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems); e Ronald Santos, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS).

O professor da USP destacou o papel da vigilância em saúde em diferentes períodos da História, iniciando em 1890, na Inglaterra, com a construção de um sistema de notificação do óbito, até chegar no Brasil, em 1970, com as ações de vigilância sendo incorporadas à rotina das estratégias de saúde pública.

Os representantes do Conass e do Conasems salientaram a necessidade de integrar as diversas vigilâncias em saúde existentes: sanitária, do trabalhador, ambiental e epidemiológica, além da urgência em capacitar novos profissionais para o setor e de garantir o financiamento público das ações. Marcos Franco, por sua vez, destacou a importância da construção de uma Política Nacional de Vigilância em Saúde que possa contemplar a universalidade das ações do Sistema Único de Saúde (SUS).

Falando em nome do CNS, Ronald Santos, buscou suporte no Artigo 200 da Constituição Federal para pedir o cumprimento da Carta Magna. “O Artigo 200 garante a sustentabilidade do SUS, protege os direitos dos trabalhadores e assegura equidade”. Segundo ele, no entanto, a recente medida do governo federal que congela os recursos do SUS por 20 anos e impede a realização de concursos públicos para a renovação de pessoal são um “flagrante desrespeito à Constituição”.

15º Expoepi debate atualização em vigilância de zoonoses

jun 27, 2017

A 15ª edição da Mostra Nacional de Experiências Bem-Sucedidas em Epidemiologia, Prevenção e Controle de Doenças (Expoepi) teve início nesta terça feira (27) com o pré-congresso, trazendo várias oficinas com temas relevantes na área da saúde. A oficina sobre vigilância de zoonoses teve o objetivo de atualizar os profissionais e dirigentes do Sistema Único de Saúde (SUS) sobre as políticas e atribuições da vigilância de zoonoses.

PRÊMIOS

jun 23, 2016

Os prêmios desta edição, regulamentados por edital público, totalizam o montante de R$ 969.000,00, e para todas as categorias previstas serão premiados os três primeiros colocados.  Serão premiadas as experiências bem-sucedidas dos serviços de saúde; os trabalhos técnico-científicos no âmbito de programas de pós-graduação dos profissionais que atuam no SUS; e experiências bem-sucedidas conduzidas pelos movimentos sociais que contribuíram para o aprimoramento das ações da vigilância em saúde.